Educamoc - O Portal da Secretaria Municipal de Educação de Montes Claros
Publicado Quin, 04 de Junho de 2020 às 12:29. Visualizações: 132.727. Imprimir
Leitura vai, escrita vem: Memórias!

Farley Henrique

A equipe do Projeto Montes Claros na Trilha da Leitura lança nesta sexta-feira, 05 de junho, o concurso de escrita “Leitura vai, escrita vem – Memórias!”, que tem como objetivo incentivar a leitura em casa aliando-a à escrita.  

No concurso, os alunos, divididos por segmento educacional, irão ler o material disponibilizado no blog Educamoc Play e farão as atividades propostas de acordo com orientações e supervisão dos pais e/ou responsáveis. A premiação será livros que serão levados na casa dos alunos pela equipe do Trilha.  

“Neste momento em que nossos alunos estão em casa, há mais de dois meses sem aula presencial, precisamos inovar, criar alternativas de chegar até eles, mostrando que estamos aqui, incentivando-os a prosseguirem nos estudos e a não desanimarem. Assim, o Trilha sugere mais uma ação de incentivo à leitura e escrita, aproveitando o dia 5 de junho, data em que comemoramos o Dia Mundial do Meio Ambiente para lançar este concurso a ser realizado em casa. Contamos com a colaboração e participação de todos os diretores, supervisores e professores para que essa mensagem chegue até a casa das famílias, dos alunos.”, comenta a coordenadora do Trilha, Éllen Santa Rosa. 

Todos os trabalhos deverão ser enviados até o dia 19 de junho para o e-mail do Trilha da Leitura: montesclarosnatrilhadaleitura@gmail.com. Os três trabalhos mais significativos de cada segmento receberão em casa um livro como premiação. Outras informações com Éllen Santa Rosa: (38) 999154943 e/ou Deusdima Silva: (38) 99839-3969. Clique aqui e confira o regulamento completo do concurso. 

Leia também:
Mesmo à distância, Cemei Amiguinhos da Adelour celebra Dia das Mães
Alunos do Cemei do Cintra recebem 4º bloco de atividades para casa
Novo livro da coordenadora do Trilha da Leitura chega às livrarias de Montes Claros nesta semana
Escola Egídio Cordeiro desenvolve “Projeto Leitura Virtual”