Educamoc - O Portal da Secretaria Municipal de Educação de Montes Claros
Publicado Sex, 25 de Novembro de 2016 Imprimir
Educação em tempo integral é realidade nas escolas municipais de Montes Claros

As escolas municipais de Montes Claros têm colaborado significativamente para o cumprimento da Meta 06 do Plano Nacional de Educação (PNE), aprovado pelo Congresso em 2014, que determina que, até 2024, a educação em tempo integral deverá ser oferecida em pelo menos 50% das escolas públicas e atender no mínimo 25% dos alunos de toda a educação básica. No município, desde o início de 2016, dos mais de 20 mil alunos matriculados no Ensino Fundamental, a metade, cerca de 10 mil, estudam em tempo integral.

Os dados são da Diretoria Pedagógica e da Gerência do Programa de Tempo Integral, da Secretaria Municipal de Educação (SME), e traz um detalhe que chama a atenção: todas as unidades escolares, rurais e urbanas, possibilitam aos seus alunos de 1º ao 9º ano a oportunidade de participarem do programa, desde que estejam matriculados nesta modalidade.

Funcionamento

Os alunos do Tempo Integral em Montes Claros têm a jornada escolar ampliada para 8 horas diárias e recebem três refeições: desjejum pela manhã, almoço e lanche da tarde; com cardápio elaborado e acompanhado por nutricionistas. Com o maior período de tempo na escola, o programa possibilita ações de intervenção pedagógica e de reforço escolar, além do desenvolvimento de atividades artísticas, culturais, esportivas, recreativas e de lazer.

“O programa tem contribuído para a melhoria da aprendizagem, para a redução da retenção e da evasão escolar e, para a melhoria do nosso Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB)”, afirma a secretária municipal de Educação, professora Sueli Nobre; ao comemorar os bons resultados alcançados pelo município no IDEB 2015, Divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP) no último mês de setembro. Os dados revelam que o município atingiu, em 2015, a meta estabelecida pelo Ministério da Educação para o ano de 2017, e que as médias das escolas municipais já superaram a média nacional e estadual.

Além de contribuir para a superação das demandas pedagógicas visando à formação integral do aluno, o programa tem como objetivo a redução do risco social. Nesse sentido o tempo maior de permanência na escola reduz a exposição dos jovens a condições de vulnerabilidade social e permite o acesso às aulas de dança, música, teatro artes plásticas, fanfarras, atletismo, ginástica, natação, xadrez e jogos cooperativos. Essas atividades contribuem para revelar talentos e criar oportunidades de participação para os educandos em campeonatos municipais e estaduais.

Segundo a moradora do bairro Cidade Industrial e mãe de dois alunos que participam do programa na Escola Municipal Rotary São Luiz, Cristiane de Cássia Silva Costa, “o Tempo Integral é muito bom para a aprendizagem dos filhos e para a tranquilidade das famílias. Desde que meus filhos entraram no projeto, eles aprenderam bastante e sabem ler e escrever muito melhor. Gostam mais de ir para a escola, e nós mães temos onde e com quem deixar os meninos quando saímos para trabalhar, sem precisar preocupar com a segurança e com a comida”, relata Cristiane.

Desafios

Um dos grandes desafios da ampliação da jornada escolar é o de garantir espaços para todos os alunos, já que a maioria das escolas não dispõe de instalações e dependências suficientes para atender a demanda do ensino regular e do Tempo Integral.  Como solução, a SME firmou parcerias com instituições, associações e entidades que cedem seus espaços para implantação de núcleos do programa. Esses espaços contam com “excelente infraestrutura física”, que possibilita a vivência de práticas significativas para a convivência social e para a democratização do acesso ao conhecimento, aos bens culturais e as práticas esportivas.

Atualmente existem 15 núcleos de Tempo Integral na cidade sendo um deles no 55º Batalhão de Infantaria (55º BI), onde funciona a parceria da SME com o Programa Forças no Esporte (Profesp) do Exército Brasileiro. O núcleo atende a 200 alunos de várias escolas municipais que realizam diariamente atividades de reforço escolar, atletismo, judô, natação, além de outras relacionadas ao desenvolvimento da disciplina e do civismo.  

Para o comandante do 55º Batalhão de Infantaria, tenente-coronel Marcus Vinicius Mansur Messeder, “a parceria entre a SME e Profesp é motivo de grande orgulho, pois proporciona a esses jovens e crianças o acesso à educação, alimentação de qualidade, esporte e, principalmente, a exemplos e valores que os permitirão antever oportunidades que se abrirão em suas vidas. O sucesso é tamanho que hoje o programa realizado no 55º BI é um referencial para todo o Exército Brasileiro”, afirma Mansur.

Reconhecimento

Em 29 de marco de 2016, na cidade de Curitiba-PR, o Instituto Smart City Business America, entidade sem fins lucrativos que reúne gestores públicos e privados latino-americanos interessados nas discussões e geração de negócios em torno do ecossistema das cidades, outorgou ao prefeito Ruy Adriano Borges Muniz o Prêmio InovaCidade, pelo desenvolvimento do Projeto Educação Integral Criativa.

De acordo com a mestre em Educação e professora da Unimontes, Dirce Efigênia Brito Lopes, que desenvolveu a sua dissertação de mestrado a partir de estudos realizados numa escola municipal com o objetivo de investigar os resultados do programa, “o Prêmio é merecido!”. Segundo ela, a pesquisa comprovou que Tempo Integral veio agregar condições de participação constante das famílias na escola, propiciando aos alunos momentos de lazer, aprendizagem interativa e novos interesses, afastando os jovens da vulnerabilidade social, garantindo alimentação e materiais didáticos de qualidade e possibilitando o envolvimento dos profissionais que lidam diretamente com os alunos. A professora defende a necessidade da continuidade e do fortalecimento dessa “importante política pública”.

Leia também:

Abertura do Programa de Tempo Integral na Dominguinhos Pereira

Aberta as inscrições para o Vestibular do Curso Superior de Licenciatura em Letras/Libras na Modalidade a Distância

Coordenadoria de Educação Inclusiva promove "Seminário de Práticas Inclusivas"

Alunos do Município recebem premiação da Olimpíada...