Educamoc - O Portal da Secretaria Municipal de Educação de Montes Claros
Publicado Dom, 13 de Novembro de 2016 Imprimir
Aulas da rede municipal vão até o dia 10 de dezembro

Daniel Moraes/ASCOMPMMC

A Prefeitura de Montes Claros promoveu na manhã desta sexta-feira, 11, no CAIC Maracanã, uma reunião com todas as diretoras e diretores das escolas da rede municipal de Ensino. O objetivo do encontro foi informar a respeito de mudanças que serão efetuadas no calendário escolar neste ano de 2016. A secretária municipal de Educação, Sueli dos Reis Nobre Ferreira, explicou para os presentes que a administração municipal decidiu pela antecipação do final do ano letivo, que irá até o dia 10 de dezembro, 6 dias a menos do que estava originalmente previsto.

O assessor jurídico da Prefeitura, Dinilton Pereira da Costa, esclareceu que a mudança do calendário foi decidida com o objetivo de fazer uma adequação de gastos com pessoal, já que, de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), a Folha de Pagamento do município não pode ultrapassar 54% da arrecadação. Como as receitas do município diminuíram (em grande parte, por causa da crise pela qual passa o Brasil), e para evitar que este percentual seja ultrapassado, esta e outras medidas estão sendo tomadas em todas as secretarias da Prefeitura.

A secretária Sueli agradeceu o empenho de todos os profissionais, elogiando o trabalho desenvolvido na cidade que, entre outros resultados, conseguiu ampliar a nota do Ideb: a nota da rede municipal para os anos iniciais do Ensino Fundamental chegou a 5.9 em 2015 (um crescimento de 0.5 em relação a 2013, superando a meta estabelecida), e, para os anos finais, a 4.9 (um crescimento de 0.6, em comparação com 2013).

Também foi anunciado que as atividades do Programa Tempo Integral se encerrarão na próxima quarta-feira, 16 de novembro. Os presentes foram, ainda, informados que as diretoras e diretores permanecerão nos cargos até 31 de dezembro de 2016. Também foi destacado que os alunos não terão nenhum prejuízo com a antecipação do final do ano letivo, e que o mínimo de 200 dias letivos exigidos pela Lei 9.394/96, de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) serão não só cumpridos, mas superados.

Além de Sueli, participaram do encontro o secretário municipal de Administração Regional e Articulação Política, Diego de Macedo Fróes, o secretário municipal de Planejamento e Gestão, Wilson Atair Ramos, o secretário municipal de Comunicação, João Hamilton Tolentino Trindade, e o assessor de Gestão, Elias Siufi.

Elias destacou que toda a administração reconhece a importância do trabalho dos profissionais da Educação, já que a eles são confiados os maiores tesouros que um ser humano pode ter (seus filhos), e que as medidas estão sendo tomadas por motivo de força maior, sem a intenção de prejudicar ninguém: “sabemos do carinho das diretoras e professoras com nossos filhos. Tenho três bisnetos, dois na escola, e sei o carinho que as professoras têm com eles”.

O secretário Diego de Macedo afirmou que os alunos da rede não estão sendo prejudicados, pois receberão até o final do ano letivo todos os ensinamentos de acordo com os planejamentos elaborados e propostos pelas equipes pedagógicas e que todos os cuidados estão sendo tomados para que a decisão não cause transtornos aos alunos. “Estamos pensando na vida escolar de cada aluno”, disse, acrescentando que a expectativa é encerrar o ano letivo com “chave de ouro”.

A reunião alcançou todos os objetivos, com o tratamento transparente e a clareza da posição da Prefeitura, não permitindo que a Educação sofresse qualquer desvio de funcionalidade e preservando a premiada e reconhecida qualidade do ensino da rede municipal. Todos os diretores, diretoras e os gestores pedagógicos e administrativos da Secretaria receberam a notícia e a decisão com muita compreensão e tranquilidade, assumindo o compromisso de fechar o ano com toda a grandeza, qualidade e atenção aos alunos e famílias.

A secretária Sueli foi, ao final da reunião, muito aplaudida por todos os presentes.

Foto: Daniel Moraes

Leia também:

19ª OBA: E.M. Sebastião Mendes se destaca com número recorde de medalhas